Seguidores

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

"A Força do Pensamento" - Bruno Diel


FORÇA DO PENSAMENTO EXISTE?
Força do pensamento... O que é isso, afinal? O que queremos dizer com essa expressão que a primeira vista parece um tanto quanto enigmática, até? Não existe nenhum segredo por trás do entendimento que podemos ter sobre o que se convencionou chamar de força do pensamento, mas em função do pouco tempo que dispomos pra tratar do assunto e com o intuito de sairmos com uma ideia um pouco melhor sobre isso, vamos tentar levar a discussão para um nível prático do nosso cotidiano, de forma a nos ajudar a ter uma experiência de vida melhor e mais feliz, dentro do que estiver ao nosso alcance. Entender a ideia da força do pensamento como instrumento de transformação pessoal de alguma maneira nos permitirá realizar pequenas transformações positivas no nosso dia-a-dia, para que possamos crescer também um pouco mais como seres-humanos, sem que isso seja uma forma egoísta de se beneficiar. Muito pelo contrário...
Espiritualização é ajudar a si mesmo
Os livros de auto-ajuda são ótimos para começar a pensar como funciona essa estória de força do pensamento. Espiritualistas de todas as épocas e lugares já dedicaram tempo considerável tentando compreender como funcionam algumas leis do Universo no sentido de usar o próprio pensamento para planejar e realizar questões de âmbito pessoal e além, sem que isso soe excessivamente exotérico. O próprio Dalai-Lama, por exemplo, afirma que é possível treinar a mente no sentido de promover pequenas transformações pessoais para simplesmente atingir a felicidade, que seria o verdadeiro sentido da vida. Aí está um ótimo ponto-de-partida pra gente começar a nossa conversa também, em vista da simplicidade e da verdadeira boa-intenção que o princípio invoca.
UM MÉTODO E UMA APLICAÇÃO PRÁTICA
Força do pensamento para quê?
Mas será que vale à pena se esforçar para tentar aprender mais uma coisa em meio a tantas outras que precisamos para as nossas vidas? Isso pode nos dar algum trabalho, é verdade... Se você já está totalmente satisfeito com a vida que leva, é provável que seja uma exceção no mundo em que vivemos. Contudo, é óbvio que a imensa maioria das pessoas não se encontra ainda plenamente feliz e realizada em suas buscas pessoais, e é aqui que começa a nossa questão. Para o seu próprio benefício talvez seja uma boa ideia começar a prestar atenção no que estamos nos propondo a estudar aqui. É claro que tudo exige algum tempo, esforço e disciplina interior até que possamos começar a colher os resultados, mas sabemos que não existem conquistas fáceis. De todo modo, você pode iniciar seu o método que propomos por algum tempo pra ver se a coisa funciona, até começar a sentir as primeiras transformações em sua própria mente.
Qual é o Segredo por trás disso?
A boa notícia é que há fortes indícios de que existe mesmo um mecanismo ligado a essa força do pensamento que é bastante simples de ser entendido e pode começar a ser aplicado imediatamente em sua vida. A experiência e a observação comprovam que todas as coisas que você de alguma maneira constrói em pensamento relacionam-se diretamente a uma lei natural simples e perfeita que faz com que essas mesmas coisas retornem para você de uma determinada maneira. E uma vez que você começa a entender como isso funciona, você passa a perceber melhor as oportunidades que o mundo lhe oferece a todo tempo. É perfeitamente natural que desejemos realizar nossos sonhos nos campos afetivo, espiritual, financeiro, profissional e tantos outros ao longo da nossa vida, e pode-se dizer resumidamente que existe um método para isso. Vamos tentar elucidar um pouco dele agora, de uma forma bastante simples e direta, para que você possa começar a aplica-lo o quanto antes.
Lei da atração existe?
Em linhas gerais, aceite a ideia de que tudo o que existe no mundo pode ser atraído para você através dos seus próprios pensamentos. Semelhante atrai semelhante, e a frequência que você emite em pensamento reverbera no mundo à sua volta. Em um futuro mais ou menos próximo, essa frequência retorna para você na forma de resultados positivos ou negativos, conforme o padrão vibratório que você se acostumou a pensar as coisas.
O entendimento é muito simples. Pare para observar como se encontra a sua vida nesse exato momento. Perceba que tudo o que você possui hoje, ou mesmo aquilo que você se tornou, é resultado de um conjunto de pensamentos que você cultivou em tempos passados. Sendo assim, veja a sua condição atual e aceite a responsabilidade por tudo o que você atraiu para si até aqui.
Você não acredita? Pois é bom começar a prestar atenção nisso, porque podemos estar atraindo inconscientemente até mesmo aquelas coisas que nunca desejaríamos para nós através de pensamentos equivocados. Sabendo disso, você passará a ter mais cuidado com o que anda pensando ultimamente, não é mesmo? Mas imagine sobretudo o que você pode conseguir para o seu futuro a partir de agora, se você puder começar a pensar sobre todas as coisas de uma maneira mais correta. As oportunidades existem para todos, basta querer para começar a ver.
Boa-vontade e atenção
Para iniciar o nosso processo de transformação pessoal, precisamos primeiro tentar conter os pequenos vícios mentais que podem estar nos atrapalhando sem que nos demos conta disso. Imagine por exemplo que você se habituou a acordar de mal-humor todas as manhãs... uma péssima maneira de começar o dia, não é verdade? Como você espera poder melhorar as coisas a sua volta se você mesmo colocou uma barreira psicológica que o impede de agir dessa maneira? Para fazer valer o processo de mudança interna precisamos antes de mais nada ter boa-vontade em querer mudar. O desafio seguinte é tentar construir a disciplina mental que desejamos ter daqui pra frente. Nossa atenção deve se voltar para isso a partir de agora, e vamos começar a nos dar conta da importância de filtrar os nossos próprios pensamentos na medida que percebemos que pensamos um monte de besteira, de fato. Mas se pensamos em tantas coisas a todo momento (boas e ruins), como podemos avaliar a qualidade das ideias que passam pelas nossas cabeças 24 horas por dia? Como saber que tipo de pensamentos adotamos como padrões em meio a todo nosso caos psicológico?
Escutando os sentimentos
A melhor maneira de avaliar que tipo de pensamentos estamos acostumados a ter é justamente prestando atenção ao tipo de sentimento que obtemos como resultado desses pensamentos originais. O sentimento é característica humana fundamental para o nosso processo de crescimento como pessoas, e é importante entender que mesmo aqueles sentimentos que nos parecem ruins ou desagradáveis a uma primeira vista, têm a sua razão de ser e se manifestam porque também precisam ser exteriorizados em dado momento. Na verdade, não existem sentimentos ruins quando os entendemos como oportunidade para aprendermos algo de valioso sobre nós mesmos através deles. 
Entenda portanto que razão e emoção são dois lados de uma mesma moeda que representa o que você é verdadeiramente. É no encontro dessas duas forças de naturezas diferentes que reside a sua verdadeira personalidade, e tentar desvincular uma coisa da outra nos reduziria a alguma coisa aquém de seres-humanos. Quando um sentimento transparece, permita-se vivenciá-lo um pouco para poder explorá-lo internamente. Esse é o caminho para identificar o que você tem pensando com mais frequência, pois reflete exatamente aqueles pensamentos e ideias que você tomou como parte da sua rotina mental.
Livre-arbítrio: escolhas boas e escolhas ruins
Já sabemos que existem determinados sentimentos e pensamentos que nos afligem intimamente e que precisam começar a mudar a partir de agora. Para ilustrar com mais um exemplo, vamos considerar que você constatou pela sua própria experiência que a raiva não pode ser um sentimento muito saudável para se cultivar dentro de si... É claro que fica muito difícil querer mudar isso de uma hora para outra, uma vez que você está acostumado a ter esse padrão de pensamento há algum tempo, mas não se esqueça também que você é o principal responsável pelos seus próprios pensamentos, já que eles se originam na sua própria mente.
Em nossa invigilância e automatismos, muitas vezes agimos ainda sob domínio dos nossos instintos mais básicos. Mesmo de maneira inconsciente permanecemos mergulhados em pensamentos nocivos simplesmente porque ainda não sabemos lidar com alguns vícios da nossa própria natureza animal. Apesar de tudo, caminhamos para a nossa evolução natural como seres-humanos, e isso deve bastar para início de conversa. Existem modos corretos e maneiras equivocadas de agir diante de qualquer situação que nos é apresentada, e não deve ser muito difícil discernir uma coisa da outra, desde que tenhamos um mínimo de consciência para isso. Começar a filtrar e ter controle sobre nossos próprios pensamos, o que dizemos e como agimos, deve ser princípio fundamental para começarmos a errar menos e conquistar uma vida mais tranquila perante os outros, consigo mesmo e diante de todas as coisas que nos atingem.
Técnica de substituição de pensamentos
Em pouco tempo você percebe que errar a todo momento é bastante cansativo e desgastante. Pensamentos negativos causam sofrimento, e ninguém quer sofrer para sempre. Fique atento sobre o que você anda emitindo em pensamento, e lembre-se que para cada sentimento negativo existe sempre um outro que lhe é diametralmente oposto. Você deverá utilizá-lo sempre que for necessário.
Existe uma técnica e uma aplicação prática para começar a construir sua disciplina mental. Não deverá ser difícil para você tentar neutralizar um pensamento negativo quando você sabe qual é o seu antagônico. Voltando ao exemplo anterior, da próxima vez que você sentir raiva, experimente ter um pouco mais de paciência. Se sente inveja, tente perceber no outro o que você deve ter como admiração. Está com medo? Tenha coragem! No início pode não ser tão fácil na prática, apesar de ser uma técnica tão simples, mas esse também é o tempo que você precisa pra começar a mudar o seu padrão mental. Sabendo como isso funciona, dedique vontade e atenção para separar o joio do trigo por meio da sua consciência. Assim você poderá conquistar uma qualidade mental mais elevada dentro de algum tempo. Permita-se crescer um pouco mais com o processo a cada dia.
PENSANDO MELHOR PARA MELHORAR
Coragem, fé e confiança, com um pouco mais de calma
O medo é sempre o seu pior inimigo, porque o ele paralisa, não permite que as coisas andem para frente. Mas saiba também que falta de coragem é falta da fé, então trate de começar a conquistar a sua própria fé, porque assim seu medo irá se diluir gradualmente. A fé se conquista com confiança: confiança em Deus, confiança na maneira como as coisas ocorrem naturalmente, e sobretudo confiança em si mesmo. Cedo ou tarde você percebe também que a calma é outra qualidade que você vai precisa adquirir pra ter uma vida mais tranquila. Ter calma é ter paciência para tudo, e a paciência é mesmo uma virtude. Calmo e relaxado você se percebe melhor e a passa a ver as coisas de uma maneira mais imparcial, como se pudesse assistir a tudo de fora. Assim fica muito mais fácil identificar melhor o que precisa ser reparado dentro de você.
Tudo a seu tempo
Por falar em calma e paciência, muito cuidado para não confundir pensamento positivo com obsessão. Pensar positivo não é levar sua ganância às alturas pra conquistar aquilo que você acha que é importante para você. Tudo acontece a seu tempo, da maneira que melhor nos convém. Conquistas, acertos e resultados costumam aparecer quando menos esperamos, desde que se trabalhe corretamente nesse sentido. Caminhar com fé e resignação significa fazer as coisas da maneira correta sem querer ser imediatista, porque é assim que deve ser. Do contrário você não aprenderia com as lições da vida.
Pensamentos e ações positivados
Tenha certeza de que a nossa nova maneira de ver as coisas nos tornará mais otimistas e confiantes, obtendo maior energia para encarar os desafios do dia-a-dia, e é provável até que paremos de reclamar tanto das coisas, como fazemos hoje em dia. Tome consciência de que você é um ser humano composto por várias necessidades, e que cada parte sua precisa ser atendida de uma maneira dedicada. Você deve ser capaz de gerenciar as horas do seu dia para isso. Pratique esportes, estude, aproveite para dar uma caminhada quando puder, escute música, promova novas amizades, não esqueça de fazer suas preces. Adquira uma nova rotina mais condizente com o seu novo estilo de vida, priorize hábitos mais saudáveis para o seu corpo, sua mente e seu espírito. Assim você se tornará mais completo e realizado. Liberte-se do antigo, abrace o novo. Você já sabe que o homem-velho precisa morrer para dar espaço ao homem-novo, muito mais condizente com o que temos aprendido recentemente. O caminho é suave, basta querer experimentá-lo.
Emanando coisas boas abrimos uma porta para que essas mesmas coisas retornem para nós. Essa é a lei natural de causa e efeito, e o verdadeiro sentido da expressão livre-arbítrio, em que através da vontade pessoal alavancamos também a nossa verdadeira libertação. Isso é poder, e tudo começa com um pensamento. Tente nunca se esquecer disso.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário